Aprendizado Espírita
Textos e ferramentas para aprender e divulgar o Espiritismo
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Meu Diário
05/01/2016 21h52
C - ETC - ESPIRITISMO EM TOM DE CONVERSA

Mas a nossa emoção é tão grande com este contato que nós nos lembramos de quando a mediunidade começou em nossa vida, quando tínhamos quatro para cinco anos de idade e conversávamos com o espírito de minha mãe.

(CHICO XAVIER. Programa Pinga Fogo, TV Tupi, 1971) 


SUMÁRIO

APRENDIZADO ESPÍRITA

CAPÍTULO I - ESPIRITISMO EM TOM DE CONVERSA.

KARDEC CONVERSA PELA PRIMEIRA VEZ COM O "ESPÍRITO DE VERDADE"

​A CONVERSAÇÃO

​ESCLARECIMENTO A DESENCARNADOS

ENTREVISTAS

MÓDULOS VINCULADOS

​LINKOTECA

VIDEOTECA

BIBLIOTECA DIGITAL

BIBLIOGRAFIA


APRENDIZADO ESPIRITA

Amai-vos e instruí-vos.

(Mandamento dado a Allan Kardec pelo Espírito Verdade)


Aprendizado Espírita é resultado da prática pessoal e da visão do autor quanto ao estudo, ao ensino e à divulgação do Espiritismo, e objetiva compartilhar textos, apresentações, técnicas, ferramentas, informações e referências sobre livros, cursos e sites para quem quer aprender a Doutrina Espírita e/ou divulgá-la por meio de reuniões de estudo, palestras ou textos didáticos.

Este site foi concebido e estruturado segundo o que o autor entende por Saber Doutrinário Espírita, qual seja

Conjunto das informações e do conhecimento, das experiências e das práticas, dos procedimentos e das técnicas acumulado pelos adeptos do Espiritismo no aprendizado teórico e na aplicação prática dos postulados de sua crença.

Para saber mais sobre o conceito de 

  • SABER DOUTRINÁRIO ESPÍRITA, a
  • GESTÃO DO CONHECIMENTO ESPÍRITA e a
  • ESTRUTURA DESTE SITE,​​​ clique (aqui)

Antônio Carlos Guimarães

Voltar


CAPÍTULO I - ESPIRITISMO EM TOM DE CONVERSA


(A força do Espiritismo) ... está na sua filosofia, no apelo que faz à razão e ao bom senso.

(ALLAN KARDEC, O Livro dos Espíritos, Conclusão, VI)


Introdução

Na elaboração de O Livro dos Espíritos, a obra fundadora do Espiritismo e das linhas mestras da Filosofia Espírita, Allan Kardec, que não era filósofo, mas educador, fugindo à linguagem técnica da Filosofia, adotou uma exposição em linguagem didática, mas emprestou da tradição filosófica a clássica técnica do diálogo, ou a dialética.

De fato, dialética era na Grécia antiga a arte do diálogo ou arte da discussão. Aristóteles atribui a Zenon de Eléa (490-430 a.C.) a fundação da dialética, mas tem-se Heráclito de Éfeso  (540-480 a.C) como seu precursor mais remoto.

Foi por meio da dialética que Sócrates (469-399 a.C.) discutiu e ensinou lições de filosofia, e foi ele o primeiro filósofo a falar do seu método, a explicar como filosofava: O filósofo fazia perguntas, que o interlocutor ia respondendo até se contradizer, revelando sua ignorância. Aí Sócrates o corrigia, fazendo nascer um novo conhecimento. Era a maiêutica (em grego, parto) — a descoberta da verdade que trazemos em nós, mas que ignoramos. 

O método da filosofia consiste, pois, em perguntar. 

Esse método socrático da interrogação, da pergunta e da resposta é o que Platão  — discípulo de Sócrates — aperfeiçoa. Ele o transforma no que chama de dialética. Conservando os elementos fundamentais da maiêutica, a dialética platônica parte da ideia de que o método filosófico é uma contraposição, não de opiniões distintas, mas de uma opinião e a crítica dessa mesma opinião.

Por sua vez, Aristóteles, amigo de Platão, desenvolve o método da dialética: movimento racional que nos permite ultrapassar uma contradição.

Em resumo, O Espiritismo, que tem Sócrates e Platão como precursores de diversos pontos filosóficos, deles também trouxe a inspiração do sistema de perguntas e respostas que Kardec adotou em O Livro dos Espíritos, das conversações que manteve com os guias espirituais que lhe ditaram O Livro dos Médiuns, das interrogações que dirigiu aos Espíritos de diferentes classes com as quais elaborou O Céu e o Inferno.

Além disso, como pedagogo, Kardec sabia que o Mestre dos mestres também perguntava para ensinar e que nos Evangelhos vamos encontrar mais de 100 perguntas diferentes feitas por Jesus, entre elas: — Quem dizeis que eu sou? —  Por que me experimentais? — Qual destes três te parece ter sido o próximo daquele que caiu nas mãos dos salteadores? [Mt. 16:15; Mc, 12:15; Lc, 10:36] 

Para nós do Aprendizado Espírita o diálogo é a conversa. É a conversa com as entidades espirituais que orientam e as que necessitam de ajuda. A conversação permanente de Chico Xavier com Emmanuel, que diariamente seguiu seus passos. São as conversas deste mesmo Chico "à sombra do abacateiro", são as entrevistas fraternas das atividades de Atendimento, são as exposições dialogadas da Evangelização e da Reunião de Estudos. São os vozerios dos jovens da Mocidade. São os esclarecimentos dos palestrantes ao final de suas apresentações, as entrevistas de pessoas destacadas do Movimento Espírita e os bons livros doutrinários de perguntas e respostas que se hão publicado.

E, aqui, nesta Seção Em tom de conversa, são as orientações do instrutor, são a coletânea de Diálogos desta Seção, são as mensagens de interação dos leitores com este Aprendizado Espírita.

Voltar


Tábua de assuntos

Nesta Série ETC - ESPIRITISMO EM TOM DE CONVERSA, vamos tratar dos seguintes temas:

  • Perguntas e respostas sobre temas doutrinários
  • Entrevistas
  • Esclarecimento a desencarnados
  • Comunicação entre cônjuges e entre pais e filhos
  • Arte da conversação e da negociação
  • Diálogos da Série EM TOM DE CONVERSA

Voltar


KARDEC CONVERSA PELA PRIMEIRA VEZ COM O "ESPÍRITO DE VERDADE"


Kardec e o Espírito de Verdade

A 25 de março de 1856 estava Kardec em seu escritório, trabalhando no preparo d' O Livro dos Espíritos, quando ouviu ressoarem pancadas repetidas na parede. Ele procurou, sem sucesso, a causa dos ruídos e voltou ao trabalho. Sua mulher, Amélie, entrando cerca das 10 horas no escritório, ouviu os mesmos ruídos. De novo, procuraram localizar a causa do barulho, sem nenhum resultado, e as coisas foram se repetindo de tal modo que bastava Kardec voltar à tarefa e as pancadas se faziam ouvir em diferentes pontos da sala.

No dia seguinte, na reunião que se realizava em casa do sr. Baudin, Kardec pediu aos espíritos explicação para o fato. Ele transcreve em "Obras Póstumas" o diálogo que então se verificou na reunião:

"- Ouvistes o fato que acabo de narrar. Podereis dizer-me a causa dessas pancadas que se fizeram ouvir com tanta insistência?

- Era o teu espírito familiar.

- Com que fim vinha ele bater assim?

- Queria comunicar-se contigo.

- Podereis dizer-me o que queria ele?

- Podes perguntar a ele mesmo, porque está aqui.

- Meu espírito familiar, quem quer que sejais, agradeço-vos terdes vindo visitar-me. Quereis ter a bondade de dizer-me quem sois?

- Para ti chamar-me-ei Verdade, e todos os meses, durante um quarto de hora (15 minutos), estarei aqui à tua disposição.

- Ontem, quando batestes, enquanto eu trabalhava, tínheis alguma coisa de particular a dizer-me?

- O que eu tinha a dizer-te era sobre o trabalho que fazias. O que escrevias me desagradava e eu queria fazer-te parar.

- A vossa desaprovação versava sobre o capítulo que eu escrevia, ou sobre o conjunto do trabalho?

- Sobre o capítulo de ontem: faço-te juiz dele. Torna a lê-lo esta noite e reconhecerás os erros e os corrigirás.

- Eu mesmo não estava muito satisfeito com esse capítulo e o refiz hoje. Está melhor?

- Está melhor, mas não muito bom. Lê da 3a à trigésima linha e re­conhecerás um grave erro.

- Rasguei o que tinha feito ontem.

- Não importa. Essa inutilização não impede que subsista o erro. Relê e verás."

Referências

Allan Kardec. Obras Póstumas

Astolfo O. de Oliveira Filho. Allan Kardec e a codificação do Espiritismo

Voltar


A CONVERSAÇÃO


Então, um literato disse: “Fala-nos da conversação.” E ele respondeu:

“Vós conversais quando deixais de estar em paz com vossos pensamentos.

E quando não podeis mais viver na solidão de vosso coração, procurais viver nos vossos lábios, e encontrais então uma diversão e um passatempo nas vibrações emitidas.

Em grande parte de vossas conversações, o pensamento é meio assassinado.

Pois o pensamento é uma ave do espaço que, numa gaiola de palavras, pode abrir as asas, mas não pode voar.

Há entre vós aqueles que procuram os faladores por medo da solidão.

A quietude da solidão revela-lhes seu Eu desnudo, e eles preferem escapar-lhe.

E há aqueles que falam e, sem o saber ou prever, traem uma verdade que eles próprios não compreendem.

E há aqueles que possuem a verdade dentro de si, mas não a expressam em palavras.

No íntimo de tais pessoas, o espírito habita num silêncio rítmico.

Quando encontrardes vosso amigo na rua ou no mercado público, deixai que o espírito que está em vós ponha em movimento vossos lábios e dirija vossa língua.

E que a voz escondida na vossa voz fale ao ouvido de seu ouvido: pois sua alma guardará a verdade de vosso coração, como é lembrado o sabor do vinho, mesmo depois que a sua cor houver sido esquecida, e a taça que o continha não mais existir."

GIBRAN KHALIL GIBRAN. O Profeta

Voltar


ESCLARECIMENTO A DESENCARNADOS

Segundo Herculano Pires, doutrinação

é a moderna técnica espírita de afastar os espíritos  obsessores através do esclarecimento doutrinário. Essa técnica é moderna e foi criada e desenvolvida por  Allan Kardec  para substituir  as práticas  bárbaras do Exorcismo, largamente usada na Antigüidade, tanto na medicina como nas religiões. (1)

Doutrinação espírita, esclarecimento doutrinário, esclarecimento a desencarnados, diálogo com os espíritos são expressões espíritas para designar o ato ou efeito de doutrinar, orientar e esclarecer Espíritos rebeldes, ignorantes, maus ou refratários àquilo que o doutrinador prega ou ensina.

Doutrinador ou dialogador é o trabalhador espírita responsável pela atividade de doutrinação, e deve ser preparado para essa tarefa delicada e importantíssima da Casa Espírita.

Neste tópico vamos trazer informações, artigos e livros sobre essa atividade fundamental da Casa Espírita.

(1) J. Herculano Pires, Obsessão, Passe e Doutrinação


Veja estes textos:

  • Diálogo com os Espíritos - Revista Fidelidade Espírita - Jan/2011 (aqui)
  • Diálogo com os Espíritos - Apostila UEM (aqui)
  • Função do doutrinador - José Ferraz (aqui)
  • Doutrinação - CVDEE - (aqui)

Indicações bibliográficas

  • Diálogo dos vivos - J. Herculano Pires/F. C. Xavier/Espíritos diversos - São Bernardo do Campo, Grupo Espírita Emmanuel, 1974.
  • Atendimento a desencarnados - Leda Marques Bighetti - São Paulo, BELE, 2009.

Voltar


ENTREVISTAS

Neste tópico, vamos trazer informações, referências e dicas de entrevistas de pessoas destacadas do Movimento Espírita e de colunas, vídeos e livros doutrinários de perguntas e respostas.

ENTREVISTAS

  • Revista Cristã do 3o. Milênio - Entrevistas (aqui)
  • CVDEE - Entrevistas (aqui)
  • Revista Eletrônica O Consolador - Entrevistas semanais. Acesse (aqui) e escolha uma das edições
  • Jornal O Imortal - Edições desde 2006 - Acesse (aqui) e escolha uma das edições

LIVROS

  • Divaldo Franco Responde 1 e 2 - São Paulo, São Paulo, Intelitera
  • Reencarnação - tudo o que você precisa saber. R. Simonetti - Bauru, CEAD, 2001.
  • Na hora da consulta. Carlos Imbassahy. Niterói, Edições Edições A Voz da Umen, 1972
  • As melhores respostas do Imbassahy. Carmen Barreto. São Paulo, Petit, 1994.
  • Quem pergunta quer saber. Carlos de Brito Imbassahy. São Paulo, Petit, 1993
  • Guia da Doutrina Espírita - 100 perguntas e respostas - Bauru, Ed. Alto Astral
  • Entrevistando Allan Kardec - Suely Caldas Schubert - Brasília, FEB, 2004
  • Fundamentos do Espiritismo - Livro em formato de perguntas e respostas dirigidas a Allan Kardec, respondidas com base nas suas obras espíritas editadas pela EDICEL, SP. - Antônio Corrêa de Paiva - Editora Atheneu Cultura, SP, 1994.

PERGUNTAS E RESPOSTAS ON-LINE

  • Portal do Espírito - Perguntas e Respostas(aqui)
  • O Espiritismo Responde - Coluna semanal de Astolfo O. de Oliveira Filho - Revista Eletrônica O Consolador - Acesse (aqui) e escolha uma das edições
  • Apostila Perguntas e Respostas - Sergio Biagi Gregório (aqui)
  • Você pergunta, Alberto Almeida responde. Allan Kardec TV (aqui)

[No mesmo programa, veja outros respondendores: Suely C. Schubert, Cosme Massi, etc.]

  • Vídeos - Estudo Espírita de Perguntas e Respostas - Centro Espírita Jesus de Nazaré (aqui)
  • Áudios - No Liminar do Amanhã - Gravações programa na Rádio Mulher (SP), com José Herculano Pires  - (aqui)

Voltar


MÓDULOS VINCULADOS

Instrutor Guima

Caro(a) leitor(a),

Os módulos vinculados a esta Seção C - ESPIRITISMO EM TOM DE CONVERSA (ETC) estão nos links abaixo.


C1 - MÓDULO Implantando a Cultura do Diálogo nas Casas Espíritas

Instrutor Guima

O Módulo C1 - Implantando a Cultura do Diálogo nas Casas Espíritas, traz uma palestra de Alkindar de Oliveira, proferida no 1º Humanizar/ES, organizado pelas casas espíritas Sociedade Espírita Amor Fraterno de Vitória-ES, Grupo Espírita Joana D'Arc de Linhares-ES e Sociedade Colatinense de Estudos Espíritas de Colatina-ES, nos dias 18, 19 e 20/11/11. (aqui)

Voltar


LINKOTECA

  • Pequena Conferência Espírita - O Padre - Allan Kardec (aqui)
  • Pinga Fogo - Chico Xavier entrevistado no programa da TV Tupi (aqui)
  • O Chico responde (respostas de F.C. Xavier a indagações diversas) - (aqui)
  • Plantão de Respostas (Pinga Fogo 2) - F. C. Xavier (aqui)
  • Chico Xavier, à sombra do abacateiro. F. C. Xavier/Carlos A. Bacelli. Ed. Ideal (aqui)
  • Conversando com Arnaldo Rocha sobre Chico Xavier (aqui)
  • O dirigente de reuniões mediúnicas. Belo Horizonte, UEM, 2013 (aqui)

Voltar


VIDEOTECA

  • Pinga Fogo - Youtube - Chico Xavier na TV Tupi (aqui)
  • Palestra com Arnaldo Rocha - Minha vida com Meimei e Chico Xavier - Espiritismo BH (aqui)
  • Lindos Casos de Chico Xavier - Nazareno Feitosa (aqui)

BIBLIOTECA DIGITAL

  • Obsessão, Passe e Doutrinação - J. Herculano Pires (aqui)
  • Veja obras espíritas disponíveis on-line (aqui)

Voltar


BIBLIOGRAFIA

Voltar


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


 

 


Publicado por ALGuimaraes em 05/01/2016 às 21h52

Os Curadores do Senhor R$20,00
Abigail [Mediunidade e redenção] R$20,00
Menino-Serelepe R$20,00