Aprendizado Espírita
Textos e ferramentas para aprender e divulgar o Espiritismo
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos


A documentação bibliográfica no estudo pessoal da doutrina espírita​
SUMÁRIO
 

Apresentação

O e-texto A DOCUMENTAÇÃO BIBLIOGRÁFICA NO ESTUDO PESSOAL DA DOUTRINA ESPÍRITA resume um método pessoal de estudo, que foi construído aos poucos, à vista de modestas observações, pesquisas e anotações que venho fazendo nas minhas tarefas espíritas e nas leituras solitárias de obras doutrinárias, e visam a propor um método bem simples para estudo da Espiritismo.

Ao longo dos anos, fui desenvolvendo alguns recursos e ferramentas, que formam um conjunto, a meu ver útil para o trabalho artesanal de ler, observar e anotar muito, como nos recomendou o escritor e expositor espírita Deolindo Amorim.

Não se pense que o avanço tecnológico — textos on-line, e-books, editores de textos— superou o caminho acima, apontado por Amorim. A informática e a internet mudaram a forma de ler, de observar, de pesquisar, de anotar, agilizando e facilitando enormemente as tarefas, mas não dispensam o trabalho árduo e paciente de quem se propõe a estudar e aprender com método.

Este método de estudos propõe o uso dos seguintes recursos: guia de estudos, índice da obra básica, fichas de estudo e leitura, arquivo de documentação pessoal.

E, claro saliente-se que todos esses recursos e técnicas de livros, papéis, anotações e arquivos podem ser adaptados à tecnologia virtual. Na verdade, no trabalho intelectual, esses dois mundos o físico e o virtual são complementares, e devem conviver e se ajustar harmonicamente.[1]

(1) Veja o e-texto FERRAMENTAS ELETRÔNICAS PARA ESTUDAR, ENSINAR E DIVULGAR O ESPIRITISMO, disponível em: http://www.aprendizadoespirita.net/ebooks.php
Estrutura

O primeiro capítulo cuida de noções gerais da documentação bibliográfica, do meio físico e eletrônico: livros, revistas, apostilas, folhetos, artigos de jornal, publicações acadêmicas, etc., e dos registros metódicos de seu estudo.

Um breve tópico registra flashes de documentação bibliográfica produzida por autores espíritas e principalmente por Kardec, o grande codificador.

No segundo capítulo, apresentamos um GUIA DE ESTUDO DA DOUTRINA ESPÍRITA (GEDE), que desenvolvi ao longo de anos de prática da doutrina espírita. O guia abrange todo o corpo doutrinário do Espiritismo e espelha minha visão e minha compreensão da doutrina. [2]

Aqui faço breve referência aos livros introdutórios do Espiritismo pela sua síntese e importância na compreensão doutrinária.

No terceiro capítulo, descrevo a organização do fichário de leitura, falo de técnicas de apontamento, fichas de estudo e arquivos de documentação e de vocabulário e do arquivo em fichário escolar.

Finalmente, o quarto capítulo trata do ÍNDICE GERAL DA OBRA BÁSICA (IGOB), que permite, num só lance, ver todos os índices da obra básica (LE, EV, LM, CI e AG) dispostos no triplo aspecto de ciência, filosofia e religião. [3]

Trata-se, em síntese, de uma sugestão para estudo do Espiritismo de forma metódica e com técnicas de organização e documentação pessoal.

[2] Veja o e-texto GUIA DE ESTUDOS DA DOUTRINA ESPÍRITA (GEDE), disponível em: http://static.recantodasletras.com.br/arquivos/5480781.pdf
[3] Veja o e-texto ÍNDICE GERAL DA OBRA BÁSICA (IGOB), disponível em: http://static.recantodasletras.com.br/arquivos/5480785.pdf

Acesso

O acesso ao e-texto A DOCUMENTAÇÃO BIBLIOGRÁFICA NO ESTUDO PESSOAL DA DOUTRINA ESPÍRITA se faz (aqui)

 

ALGuimaraes
Enviado por ALGuimaraes em 16/12/2015
Alterado em 15/01/2016


Comentários

Os Curadores do Senhor R$20,00
Abigail [Mediunidade e redenção] R$20,00
Menino-Serelepe R$20,00